TV CÂMARA

Contador de Visitas

Visitas

segunda-feira, 28 de março de 2016

Chineses visitam plantio em Icapuí

Visita técnica ontem às fazendas produtoras de melão em Icapuí
A produção de melão e de melancia no Ceará pode dobrar, caso seja feito negócio entre produtores locais e a China. O governo do país asiático está interessado em importar melão e melancia produzidos no Ceará e no Rio Grande do Norte. O Estado, agora, depende do aval chinês sobre as condições sanitárias das fazendas que produzem as frutas.

Ontem, foi feita inspeção do processo de fruticultura cearense, realizada por uma comissão da Administração Geral de Supervisão de Qualidade, Inspeção e Quarentena de Animais e Plantas da República Popular da China (equivalente ao Ministério da Agricultura brasileiro). Caso o resultado seja positivo, as barreiras fitossanitárias que hoje existem serão quebradas, e a China vai importar o melão e a melancia made in Ceará.

Diretor da empresa Itaueira, Tom Prado, contextualiza e diz que a China é um país com grande consumo de melão e melancia. E, portanto, tem demanda forte para importação. “Os chineses consomem essas frutas muito mais que os brasileiros. São quase 50 kg per capita por ano”, frisa. Enquanto isso, o Brasil tem o consumo de 57 kg per capita quando soma todas as frutas.

O Ceará é visado pelos asiáticos por oferecer excelentes condições climáticas e de terreno para a produção em grande escala de melão e melancia. “É o local onde tem a maior produção de melão e de melancia do Brasil. Ceará e Rio Grande do Norte são os maiores produtores dessas frutas”, resume Tom.

As negociações continuam.
Fonte: O POVO

Caetano compara ato pró-impeachment à marcha golpista de 64

Caetano Veloso participou, na noite deste sábado (26), do programa Altas Horas, na Rede Globo, e falou sobre o clima político pelo qual o Brasil passa atualmente. Para o músico, que viveu exilado durante a ditadura militar brasileira, os atos pró-impeachment realizados no domingo (13) em várias partes do país são muito parecidos com as passeatas de 1964 que impulsionaram o golpe militar e novamente protagonizados pelos “privilegiados” contrários à inclusão social e redução da pobreza. 


Divulgação
Caetano diz olhar "com desconfiança" as manifestações em defesa de um golpe, e ressalta que elas são possíveis devido à democraciaCaetano diz olhar "com desconfiança" as manifestações em defesa de um golpe, e ressalta que elas são possíveis devido à democracia
“Não reconheci a ‘passeata dos 100 mil’ que era contra a ditadura. [O ato pró-impeachment] E não era suficientemente diferente da passeata da Família com Deus pela Liberdade que produziu o golpe de 64, que incentivou, e encorajou para que se desse o golpe de 64. O negócio é mais embaixo, o quadro é complexo. Não dá para escolher um lado e gritar que o fulano é ladrão, não é simples assim”, afirmou Caetano.

O músico afirmou ainda que esta reação está diretamente ligada à tentativa dos governos de Lula e Dilma de reduzirem a pobreza. Isso porque, uma parcela privilegiada da população reage, imediatamente, às políticas públicas de inclusão. “O Brasil é um país desumanamente desigual e isso há muito tempo, ou desde sempre, e toda movimentação no sentido de libertar-se desta estrutura desumana (...) sempre tem encontrado reações dos privilegiados de maneira a não deixar que nada aconteça”.

Além de Caetano, o programa guiado Serginho Groisman contou com a participação de Alexandre Pires, Baby do Brasil, com o filho Pedro Baby, Emicida, Emanuelle Araújo, Rodrigo Santoro e Tony Ramos.

Assista ao vídeo na íntegra:

 

Do Portal Vermelho

Globo muda discurso: Propina era prática antiga na Odebrecht

 28 de março de 2016 - 11h15 

Depois de mais de um ano vendendo a tese da oposição tucana de que o PT criou o esquema de corrupção na Petrobras, a Rede Globo tenta mascarar a sua parcialidade e coloca uma ex-funcionária do departamento financeiro da Odebrecht, Conceição Andrade para dizer em reportagem do Fantástico que o pagamento de propinas era uma prática antiga na empreiteira.


  
Apesar de vários delatores da Lava Jato apontarem que o esquema já funcionava desde o governo do tucano Fernando Henrique Cardoso (PSDB), a Globo não deu muita importância. No entanto, tudo parece ter mudado nos últimos dias, após ficar escancarada a sua campanha golpista. Neste domingo, (27), a emissora colocou no ar um depoimento de uma ex-funcionária que segundo eles, após 11 anos na empresa guardou uma lista referente ao ano de 1988, com mais de 500 nomes, entre eles os de ex-ministros, ex-governadores, ex-prefeitos, senadores e deputados, relacionados a obras em que supostamente houve pagamento de propina.

"Quando eu fui demitida da empresa, vieram dentro dos meus pertences pessoais. Quando eu cheguei em casa, eu percebi que tinha esses papéis da empresa. Eu não tive mais como devolvê-los. (...) Todos esses anos ficou [tudo] guardado", afirmou Conceição.

Questionada sobre o motivo de ter levado tanto tempo para divulgar os documentos, ela disse: "Eu fiquei com medo de retaliações, de agressões. Inclusive consultei algumas pessoas, e as pessoas me aconselharam a não mostrar... Resolvi tornar público [agora] pela situação que o país está passando, e eu vi que era uma oportunidade para contribuir para poder passar esse país a limpo".

Diferentemente do que costuma fazer quando nomes citados são ligados ao PT - mesmo quando se trata de um documento que não prova nada -, a reportagem não citou um nome sequer para garantir que não sofresse com a nova lei de direito de resposta. Apenas disse que em setembro de 2015, Conceição entregou o documento ao deputado federal Jorge Solla (PT-BA), que o repassou à CPI da Petrobras.

Solla entregou os papéis ao Ministério da Justiça, que posteriormente os encaminhou à Polícia Federal, que por sua vez enviou à Delegacia de Repressão a Crimes Financeiros, no Paraná, porque seriam de interesse da Lava Jato.

Na semana passada, a força-tarefa da Lava Jato apreendeu na casa de Benedicto Barbosa Silva Júnior, presidente da Odebrecht Infraestrutura, outras listas de doações feitas pelo Grupo com pelo menos 284 políticos.


Do Portal Vermelho, Dayane Santos com informações do Fantástico

Semana movimentada dita futuro do governo Dilma

Com definição da postura do PMDB no processo de impeachment e uma série de reuniões-chave, semana trará grandes impactos para a continuidade do governo federa

A semana que começa hoje trará grandes impactos para o Governo de Dilma Rousseff (PT). Após ter perdido o apoio do PRB recentemente, o PMDB, seu maior aliado, ameaça desembarcar. Amanhã os principais líderes do partido, inclusive o vice-presidente Michel Temer, decidirão se abandonam o governo petista.
De acordo com aliados de Temer, que herdaria a Presidência em caso de impeachment de Dilma, eles já conseguiram apoio de 80% dos delegados peemedebistas para impor o desligamento do Governo. Neste caso, legenda teria de devolver os sete ministérios que chefia. Um dos setores do PMDB mais próximos de Dilma, o diretório do Rio de Janeiro já anunciou que deve retirar apoio à petista.

No entanto, a ala ligada ao atual presidente do Senado, Renan Calheiros, trabalha para que a aliança com o PT continue. Além desse grupo governista, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reunirá esforços para se sair bem em encontro do Temer e caciques do PMDB hoje. Embora esteja com a influência política fragilizada por recentes polêmicas com a Justiça, Lula ainda pode negociar apoio parcial dos peemedebistas na votação do impeachment de Dilma.


A saída do PMDB terá enorme peso na votação do impeachment de Dilma. Apesar de ela contar com a simpatia de parte da bancada, a resolução de romper formalmente com o Governo pode fazer com que alguns parlamentares mudem de posicionamento e passem a votar a favor do procedimento. Dono da maior bancada do Congresso, o PMDB será importante na contagem de votos para aprovar ou barrar o impedimento.

Em busca de apoio
Também na quarta-feira, haverá sessão no Supremo Tribunal Federal, onde corre as ações de Lula. A Corte deve se posicionar em relação ao destino dele no Governo em breve, se será ou não ministro da Casa Civil, como articulou Dilma. Atualmente, os processos relacionados ao ex-presidente estão nas mãos do ministro relator da Lava Jato, Teori Zawascki.
 Ainda nesta semana, Lula inicia agenda de viagens pelo Brasil em busca de recuperação de sua popularidade e apoio contra o impeachment de Dilma. Ele estará em Fortaleza neste sábado, 2. Até o dia 17 de abril, quando deve o processo de deposição deve ser levado a Plenário na Câmara, o PT terá de correr para reduzir a pressão população contra o Governo e conquistar aliados, ainda que seja um a um. Eles precisam de 171 votos para enterrar o processo.
Contudo, mesmo que derrube esse pedido, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) promete abrir outra ação de impedimento contra Dilma, desta vez, incluindo a delação do senador Delcídio Amaral. O processo deve ser apresenta ainda hoje pela entidade.
 Fonte: Jornal O POVO

“PMDB é PMDB” – José Guimarães duvida que partido deixe os benefícios do governo


 O petista José Nobre Guimarães (PT), líder do Governo na Câmara dos Deputados, disse, na madrugada desta segunda-feira, não acredita que os PMDB deixe o governo Dilma. Ele lembra que o partido goza de muitos benefícios na gestão da presidente Dilma Rousseff.
Guimarães lembrou, por exemplo, que, no Ceará, o PMDB ocupa cargos relevantes como os controles da Companhia Docas, Banco do Nordeste e o Dnocs. Referiu-se, no caso, mais especificamente, ao líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, que é o padrinho dessas indicações.
Sobre a visita do ex-presidente Lula ao Ceará, José Guimarães confirmou que ocorrerá sábado e ganhará tom de ato regionalizado.
Fonte: Blog do Eliomar de Lima/O POVO

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Como foi o I SindPedal de Icapuí

No último domingo – 10/01/2016, foi realizado na cidade de Icapuí no belo e maravilhoso estado do Ceará, o “I SindPedal de Icapuí” contando com a participação de 250 ciclistas de vários estados vizinhos.


Site BikeRN: SindPedal - Icapuí 2016

Por ser um Ecopedal diferente do habitual, já que boa parte do trecho aconteceria a beira-mar, a expectativa foi grande em relação à este evento.
Antes da prova tive a oportunidade de conversar com um dos organizadores do evento – Alexandre, do qual foi super gentil e simpático em nós recepcionar. Conversamos um pouco sobre o trajeto, que infelizmente teve que ser alterado as pressas por conta de 3 dias de chuvas seguidos e fez com que a prova ficasse um pouco mais extensa – algumas áreas ficaram impenetráveis de moto, e mesmo com estas mudanças de última hora, ele me demonstrou muita calma. O trecho seria variado composto por areia, fazendas de camarão, salinas, asfalto e um belo mirante.
O início deu-se por volta das 07:20 na praia de Tremembé após um belo café da manhã, com direito a cuscuz, bolo, café, pães e outros ingredientes da cozinha nordestina.

 BikeRN_061205268

Dada a largada, percorremos a beira do mar durante um trecho de 6 km até virarmos a esquerda e entrar nas “fazendas de camarão”.  São locais muito bonitos, aonde a água tem toda a liberdade para percorrer todo o trajeto nas piscinas/tanques, construídos pelo homem. Passando pelas paredes que separam as piscinas, a cores predominantes são o verde e o azul, o que naquele momento me trouxe um pouco de paz. Talvez por ser uma grande área, composta basicamente por água, ou ainda pelo fato de nunca ter conhecido algo do tipo.
 BikeRN_071932265_HDR
Por volta dos 10 km, o primeiro ponto de apoio foi surgindo sob a sombra de uma árvore, para abastecer os ciclistas que a essa altura do campeonato já estavam enfrentando o seu maior concorrente: O SOL.
Assim que saímos, chegamos a um cruzamento em que muitos talvez ficaram na dúvida para qual direção seguir. Depois de reduzir a pedalada e procurar por sinais para onde ir, encontramos uma pequena placa no pé de um poste de luz. Acostumados com a marcação de cal em outros pedais ao longo do trajeto, sabíamos que desta vez deveríamos prestar bastante atenção nestas placas e por várias vezes em pequenas bandeiras ao longo do trajeto sinalizando que estávamos dentro do mesmo.
Após atravessar uma salina e de receber o incentivo de alguns moradores da região, entramos em um trecho de asfalto que nos acompanharia até a chegada ao mirante e por consequência o segundo ponto de apoio do evento.
 BikeRN_083731406

A transição do segundo para o terceiro ponto de apoio foi um pouco complicada, na minha visão. Em uma das curvas, a placa estava ao contrário o que gerou desconforto, já que alguns moradores diziam que era a esquerda e outros à direita. Vale lembrar que o percurso foi alterado, como disse lá no início, então a dúvida de quem mudou a placa: a organização ou algum engraçadinho? Na dúvida olhamos para ciclistas que iam ao longe, e os seguimos.
Um pouco mais a frente, ao chegar ao mar, vimos bandeiras amarelas da organização à direita. Contornamos a curva e 100 metros depois, um dos moradores nos informou que seguimos na direção errada. Retornando ao ponto que gerou polêmica, vimos que as bandeiras formavam uma espécie de rampa para chegar até a beira do mar.
Retomada a rota, ficávamos alternando entre a areia “menos” fofa e a “lama” do mar, visto que por várias vezes a bicicleta ficou atolada em alguns trechos de areia, e em outros a conseguíamos andar mais rápido indo pela “lama” da praia, o que tinha um preço: A água do mar e a areia eram constantemente jogadas na bicicleta a medida que os pneus rodavam.
Site BikeRN: SindPedal - Icapuí 2016
De longe escutei a voz do locutor da prova, o que meu deu a entender que o 3 ponto estava em algum local por ali perto. Na linha de chegada, conversei com alguns participantes, e me informaram que uma pessoa da organização estava fazendo a sinalização para tal. Não sei se por conta do cansaço, confesso que não o vi. Soube ainda que era necessário descer da bicicleta e caminhar um pouco pois a areia era muito fofa para passar pedalando.
Cerca de 7 km após o terceiro e ultimo ponto de apoio, chegamos à barraca do boneco, e junto com ela uma fila imensa para lavar e reduzir um pouco da maresia que estava na bicicleta. Mesmo com a fila um pouco grande, tudo transcorreu dentro da normalidade e até os mais espertinhos (furadores de fila) eram repreendidos pelo grupo.
BikeRN_103426251
Após a chegada, muitos participantes necessitavam retornar cedo gerando um pouco de stress com a organização, mas todos focados na resolução do problema. Alguns grupos, resolveram retornar ao ponto de partida pedalando, outros de caminhão ou de ônibus contratados pela organização.
Na minha opinião foi um bom pedal, apesar de alguns problemas pontuais em que na maioria das vezes foram resolvidos de forma rápida. Já outros pontos foram questionados por participantes em grupos no Whatsapp, gerando um pouco de polêmica. Entramos em contato com um dos Organizadores do evento – Alexandre e ele nos informou o seguinte (com algumas adaptações):
“Boa tarde,
em relação ao evento tivemos algumas criticas em relação as pousadas e organização. As pousada realmente ficaram muito a quem, em uma praia bonita mas com pouca infra estrutura. Em nome da organização, peço desculpa aos participantes pois planejei e executei da melhor forma e infelizmente os apoios não ajudaram e fiquei na mão. A chegada tivemos problemas no retorno para Tremembé, pois tínhamos contratado o ônibus, uma van e um caminhão para levar os participantes e as bikes novamente ao ponto de partida, e fiquei na mão. No mais ok e a certeza que o próximo executarei com uma equipe que tenha compromisso para ter um evento top. Abraço a todos e fiquem com Deus.”
Fonte: http://bikern.hospedagemdesites.ws/como-foi-o-i-sindpedal-de-icapui/

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Restauração de igreja revela história

00:00 · 27.08.2015 por Ellen Freitas - Colaboradora

Aracati. Construída num lugar ermo, datada do século XVIII, antes rota de passagens das charqueadas pelo interior do Estado, uma construção de mais de dois séculos conta a história de um povoado e até mesmo deste município, distante 170 km de Fortaleza. A Capela do distrito de Mata Fresca está sendo restaurada, com a coordenação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A obra, que devolverá seus traços originais, tem conclusão prevista para os próximos 45 dias.

Há pelo menos três gerações de sua família a história da capela da Mata Fresca é contada pela aposentada Terezinha da Silva Ferreira, a dona Tetê, de 67 anos. Ela lembra que seu avô já contava histórias da pequena edificação onde ela e seus irmãos frequentavam para ir à missa. "Eu demorei a andar porque tinha o joelho quebrado, vim andar com quase sete anos. Minha mãe fez uma promessa e todo domingo meu pai me colocava no lombo do burro e levava pra missa na Capela da Mata Fresca. Quando ela me viu andando foi uma alegria só", conta.

A aposentada relata, ainda, alguns costumes, como o de realizar batizados e velórios. O cemitério da comunidade se localiza ao lado da capela. Costumes esses que, segundo ela, são mantidos até hoje. A padroeira é a Nossa Senhora da Piedade (ou Das Dores, como também é chamada) e os festejos são realizados em setembro próximo, com data maior sendo dia 15. Dona Tetê espera que, até os festejos, a restauração possa ser concluída.

Restauração
A restauração da capela bem como as escavações realizadas é resultado de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre o Iphan e uma empresa de energia eólica, penalizada por cometer danos ambientais, tendo que custear o financiamento das escavações arqueológicas e a restauração arquitetônica da igreja.

Construída há quase 300 anos, capela na zona rural de Aracati guarda arquitetura antiga e ossada humana Para o Superintendente do Iphan no Ceará, Ramiro Teles, as escavações resultaram em um vasto material histórico que deverá, parte dele, ser exposto na própria capela. Ele destaca os elementos originais da edificação, que não são mais encontrados em construções mais recentes, como a edificação ser em pedra.

"Com a remoção do reboco, foram identificadas duas janelas, ninguém sabia quem existiam, é a única que nos conhecemos no Ceará que tem essa tipologia arquitetônica, destacou Teles, acrescentando que a Capela da Mata Fresca chega a ser mais antiga do que a própria Igreja Matriz de Aracati, sendo provavelmente construída pelos primeiros donatários que receberam as primeiras sesmarias e que também serviu de igreja que atendia ao município de Mossoró.

Primeiro registro da Capela é a realização de um batizado, datado de 1731. Atualmente o livro fica depositado na atual diocese de Limoeiro do Norte.

Crânios humanos
Dentre as descobertas nas escavações Teles evidencia a presença de três crânios humanos, onde ficava o antigo altar. "Muitas ossadas foram encontradas, mas não da pra identificar se todos são da mesma pessoa. Um destes crânios é de um bebe e este foi encontrado integro, entre 1 e 2 anos de idade, os demais estavam remexidos.", conta. Ele explica que enterrar indivíduos nas capelas era uma prática medieval, vinda de Portugal e que apenas no século XIX com as leis sanitaristas, os governos proibiram. No caso do Ceará a lei é de 1854, então pelo menos durante 120 anos as igrejas no Estado receberam sepultados.

Para o Gerente de Projetos da Arqueosocio, empresa responsável pelas escavações e restauração, Luis Mafrense, a estimativa é que até o mês de setembro as obras sejam finalizadas.
O Iphan também deverá construir resultante também de um TAC, o museu da localidade do Cumbe, também no município de Aracati. Implantação do parque eólico na comunidade causou destruição em vários sítios arqueológicos.


Fonte: Diário do Nordeste

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Festival da Lagosta traz sustentabilidade em Icapuí

Evento gastronômico agita o próximo fim de semana com shows de Elba Ramalho, Chico Pessoa e Toni Garrido
 
00:00 · 26.08.2015 por Ellen Freitas - Colaboradora
Icapuí é um dos principais berços da pesca artesanal de lagosta nas Américas ( FOTO: ELLEN FREITAS )
Icapuí. No próximo fim de semana chega à 10ª edição um dos festivais mais saborosos do litoral leste cearense. De 27 a 30 de agosto, nas praias de Icapuí, acontece o Festival da Lagosta, que já conquistou os paladares de visitantes do Ceará e do Estado do Rio Grande do Norte. Para abrilhantar as noites, Elba Ramalho e Toni Garrido estão entre as atrações culturais.
O Festival tem como tema "Icapuí de Todos os Sentidos", oferecendo ao turista o visual colorido de suas falésias, cheiros e sabores de sua culinária, a boa música popular brasileira, mostra de artesanato e o contato acolhedor da comunidade.
O primeiro dia, quinta-feira, 27, é dedicado a oficinas e palestras para os interessados em participar do festival. Já nos dias 28 e 29, sexta e sábado, a partir das 19h, as atrações acontecem na Praia de Barreiras, onde será instalado o Salão Gastronômico, que servirá lagostas certificadas, além de apresentações musicais no local.
Shows
Próximo ao Salão, uma estrutura de palco será montada na praia para receber as atrações musicais, com destaque para Chico Pessoa e Elba Ramalho, no dia 28 e Toni Garrido no dia 29. Na manhã do domingo, dia 30, o festival segue para as areias da Praia da Redonda para a tradicional Regata dos Pescadores, às 9h. A animação da banda local, Forró de Rico, tem início às 10h. À tarde, o forró continua, a partir das 14 horas.
Os pontos turísticos, pousadas e restaurantes de Icapuí também vão incrementar seus serviços durante o dia com os itens relacionados ao festival. Haverá venda da lagosta, artesanatos e serviços da Região. O litoral de Icapuí tem 15 praias que inspiram à admiração, possui dunas, falésias, grutas e manguezais.
Sustentabilidade
Nesta edição, o festival vem com uma proposta de sustentabilidade. Serão comercializadas durante o evento apenas lagostas certificadas, seguindo as normas da legislação.
O processo de certificação do crustáceo iniciou em 2011, quando o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) assinou um acordo com o Centro Desenvolvimento e Pesca Sustentável (CeDePesca).
O objetivo é atingir uma certificação internacional para a pescaria de lagosta no Brasil, sendo iniciada justamente no Estado do Ceará por representar o maior produtor.
No acordo, foi elaborado um Plano de Melhoria da Pescaria (Prome) que tem como um dos componentes a implantação de um programa de rastreabilidade, denominado Programa Verificação Pesca com Covos.
Por consequência do projeto, foi constituída a Associação Pesca Sustentável em Icapuí, formada pelos pescadores que utilizam covos como artes de pesca e organizados pontos de controle na praia de Redonda.
O Programa foi iniciado no dia 01 de junho de 2015 com 60 embarcações cadastradas de Icapuí e 15 de Fortim, estimando-se a entrada no mercado de uma produção de 70 a 100 toneladas de lagostas certificadas de junho a novembro deste ano.
Capacitação
Por meio do Sebrae, antigos e novos associados da Associação Grupo de Desenvolvimento do Turismo de Icapuí (GDTur) vão participar de treinamentos na área de culinária, gerência de pequeno negócio, camareira e associativismo, uma maneira encontrada pelos gestores de reforçar ainda mais o atendimento por excelência ao público do evento.
O 10º Festival da Lagosta é uma realização da GDTur. Tem o patrocínio do Sebrae-CE e Governo do Estado do Ceará, por meio da Casa Civil e Banco do Nordeste do Brasil (BNB). Conta também com o apoio Cultural da Coelce e Secretaria de Cultura do Estado, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Produção da J A Lima Produções.
Mais informações:
X Festival da Lagosta de Icapuí
Praia de Redonda
De 27 a 30 de agosto
Fonte; Diário do Nordeste

segunda-feira, 20 de julho de 2015

ORQUESTRA DE SOPROS DE ICAPUÍ PARTICIPA DE FESTIVAL ITINERANTE EM RUSSAS

OrquestraSoproOs alunos da Orquestra de Sopros de Icapuí participarão do III Festival Itinerante Cearense de Música, na cidade de Russas, nos dias 20, 21, 22 de Julho. O evento é uma iniciativa da AMAARTE - Associação de Músicos e Amigos da Arte e da EAMJC - Escola de Arte e Música José Clementino, em parceria com a Prefeitura Municipal de Russas/CE. Tem como objetivo estimular o desenvolvimento de estudantes de música em diversos estágios de aprendizado, assim como divulgar a arte musical em seus variados aspectos estilísticos. Os componentes da orquestra de Sopros de Icapuí terão oportunidade de participar de oficinas, recitais, masterclasses com professores de relevante atuação no cenário musical do Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Os músicos icapuienses têm o apoio da Prefeitura Municipal de Icapuí e da Associação Cultural dos Artistas e Amigos da Arte. 
Leia mais 
Russas sediará III Festival Itinerante Cearense de Música
Conhecida como a terra de grandes músicos, como Liduino Pitombeira e Orlando Leite, Russas sediará nos dias 20, 21, 22 de Julho, o III Festival Itinerante Cearense de Música, que receberá mais de 150 músicos em apresentações em praça pública e oficinas técnicas em escolas do município. O evento será realizado pela AMAARTE – Associação de Músicos e Amigos da Arte e da EAMJC – Escola da Arte e Música José Clementino, em parceria com a Prefeitura de Russas, através da Secretaria Municipal de Cultura, e da empresa Dakota Calçados.
Com a participação de grandes músicos como Patrícia Marin, especialista em Musicoterapia pelo Conservatório Brasileiro de Música (RJ), o Festival tem como objetivo estimular o desenvolvimento de estudantes de música em diversos estágios de aprendizado, assim como divulgar a arte musical em seus variados aspectos estilísticos. Para o prefeito Weber Araújo, a iniciativa da Associação de Músicos e Amigos da Arte estimula a arte musical. “Eu acredito no poder da arte e da cultura como papel transformador na vida das pessoas. E aqui, nós vamos dar oportunidade para todos.
Acreditamos que este festival será um lugar de lapidar talentos e valorizar pessoas”, observou Weber Araújo. Os interessados em participar das oficinas deverão realizar a inscrição através do site: http://www.festivalitinerantece.blogspot.com.br/
Visto no site da Prefeitura de Icapuí

PROJETO ESCOLINHAS ESPORTIVAS BENEFICIARÁ ALUNOS DE ICAPUÍ

A Prefeitura de Icapuí, através da Secretaria de Turismo e Esporte, consegue aprovar junto a Secretaria de Esporte do Ceará (SESPORTE), o Projeto Escolinhas Esportivas de nosso município. A SESPORTE apoiará com doação de material esportivo, que servirá de apoio às atividades e ações do projeto. A informação foi divulgada pelo secretário de Turismo e Esportes de Icapuí, Sérgio Araújo, em sua rede social. A Secretaria de Turismo e Esporte de Icapuí estima atender cerca de 1000 alunos nas modalidades de Futebol, Futebol Socaite, Futsal, Basquete, Volei indoor, Volei de Areia, Tenis de Mesa, Atletismo e Xadrez, modalidades essas que serão trabalhadas nas comunidades de Redonda, CVTP, Peroba, Retiro Grande, Barreiras, Mutamba, Centro, Requenguela, Ibicuitaba, Melancias e Peixo Gordo. O início das inscrições está prevista para a primeira semana de agosto de 2015, a ser realizada nas escolas das comunidades atendidas.
No site oficial da SESPORTE, fica explicitado que "a educação e o esporte devem andar juntos. Além de tratar das questões ligadas ao corpo, a prática esportiva permite uma maior sociabilidade e integração de crianças e adolescentes. É fundamental ampliar as oportunidades para a prática esportiva nas escolas, visto que a universalização do esporte dá oportunidade aos alunos de vivenciarem experiências esportivas, recreativas, e de lazer, que poderão contribuir significativamente com o processo de formação integral das crianças, jovens e adolescentes que se encontram na comunidade.
Fonte:http://www.icapui.ce.gov.br/

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Cursos para formar professores terão carga horária maior e mais prática

Resultado de imagem para curso para professores
Imagem ilustrativa retirada do Google
A formação dos professores será mais longa e mais voltada para a prática em sala de aula. É o que define parecer do Conselho Nacional de Educação (CNE), que já foi homologado pelo Ministério da Educação (MEC) e que deverá ser colocado em prática em até dois anos, prazo para que os cursos em funcionamento se adequem às novas regras.
A homologação do Parecer 2/2015 é parte do pacote de medidas adotadas pelo governo no final do primeiro ano de vigência do Plano Nacional de Educação (PNE). Entre as mudanças está a exigência de uma carga horária maior para os cursos de licenciatura, que passam de 2,8 mil, o equivalente a três anos de formação, para 3,2 mil ou quatro anos de formação.
Para a segunda licenciatura, a duração é de 800 a 1,2 mil horas e os cursos de formação pedagógica para os graduados não licenciados devem ter a duração de 1 mil a 1,4 mil horas. Os futuros professores terão durante todo o curso atividades práticas, além do estágio supervisionado em escolas.
(Agência Brasil)

sexta-feira, 10 de julho de 2015

7ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE ICAPUÍ DISCUTE MELHORIAS PARA O SETOR

ConfSaude2

A Prefeitura de Icapuí, através da Secretaria de Saúde e Saneamento e o Conselho Municipal de Saúde, realizou nesta quarta-feira (8/7), a 7ª Conferência Municipal de Saúde, com o tema ‘Saúde pública de qualidade para cuidar bem das pessoas: Direito do povo brasileiro’. O evento aconteceu na Escola Mizinha, com a presença do Prefeito Municipal de Icapuí, Jerônimo Reis, secretários municipais, a Secretaria de Saúde de Itaiçaba, Manuelena Barbosa Lima, representantes da CRES e SESAU, além de Agentes da Saúde Pública, Enfermeiros e Sociedade Civil, a fim de debater a situação da Saúde Pública local, como a construção de uma agenda de Políticas Públicas voltadas para o setor.

O tema da Conferência foi posto em discussão, onde foi formado grupos para debaterem acerca das propostas das comunidades, com mesas redondas e a escolha de delegados e propostas a serem levadas a etapa regional. As conferências municipais de saúde são realizadas a cada quatro anos e têm como objetivo principal abrir espaço para a população discutir a melhoria na qualidade dos serviços de saúde. O evento é aberto a toda a população e a participação popular é considerada essencial para a viabilização das propostas. 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More